segunda-feira, 10 de setembro de 2012

DOIS GRAVES "ACIDÊNTES"ENVOLVENDO MOTOCICLETAS EM MUANÁ DEIXA 1 MORTO DE 3 FERIDOS

Wander(Maguila) viítma faltal de "acidente" de transito em Muaná
 Dois graves "acidentes" em Muaná envolvendo motocicletas,  onde resultou em 1 morto e 3 feridos,o primeiro ocorreu na quinta feira(6) pela manha, o "acidente" ocorreu no centro da cidade em frente a Igreja Quadrangular, o motociclista Fran perdeu o controle do veículo e caiu, batendo o rosto no chão, foi levado ao hospital e em seguida encaminhado de avião para Belém onde foi internado no hospital metropolitano, lá fez os exames necessário e não foi comprovado nenhum trauma grave, apenas escoreações pelo rosto e pelo braço.
Motocicleta envolvida no "acidente"
O mais grave aconteceu na sexta(7) a noite por volta da 19h quando um jovem de 20 anos de nome Wander, mais conhecido como "Maguila" vinha  junto com um amigo de uma festa na Vila do Mocajatuba a 5km da cidade, e segundo informações ele vinha em alta velocidade e colidiu de frente com um ciclista, a colisão foi tão forte que a bicicleta ficou totalmente quebrada, o Maguila juntos com os outros dois foram levados ao hospital, mas infelismente devido a gravidade do evento, não resistiu aos graves ferimentos e morreu pela madrugada do sábado(8), o ciclista foi encaminhado para Belém também estado  grave, e o passageiro da moto teve ferimentos leves e ja foi liberado.


Motocicleta envolvida no "acidente"
 Os motoristas envolvidos nos acidentes tem algo em comum, eles tinham ingeridos bebidas alcoólicas, e provavelmente perderam o controle do veículo por falta de reflexo causado pelo álcool.  Em Muaná cada vez mais vem acontecendo esses acidentes envolvendo motociclista, o desrespeito pela leis de trânsito vem sendo ignorado cada vez, o não uso de capacete é constante, motorista não habilitados é também normal nas ruas da cidade, dentre outras infrações. Segundo Delegado da cidade Thiago de Menezes já foi encaminhado  um ofício para o Detran solicitando a fiscalização no transito da cidade, ele ressaltou também que as blits da Policia Civil e Militar continuaram.


Flagrante do desrreipeito as leis de transito em Muaná
 O blog Daniel Sidônio se sensibiliza pelos acontecimentos e torce para que as pessoas tenham consciência e trate o transito com coisa séria, pois os veículos maiores são responsáveis pelos menores e esses menores responsáveis pelos pedestres. O respeito pela vida é a bandeira do CTB(Código de Trânsito Brasileiro), e o código tem suas leis específicas que tem que ser respeitadas para que as mortes sejam evitadas em nosso município. A saída para o transito de Muaná sem duvida é municipalização do transito, ou seja a responsabilidade que é hoje do estado(Detran) é transferir para o município e este criar o Departamento de Transito Municipal onde terá dentre outras obrigações de sinalizar as ruas, propor a pavimentação, educar, fiscalizar e orientar o transito através de seus educadores e agentes de transito.

5 comentários:

  1. sebastião tavares moraes10 de setembro de 2012 13:23

    sua análise é pertinente, pois como o trânsito de Muaná com o inchaço de grande quantidade de motos e condutores inabilitados e sem o uso do capacente torna-se urgente a criação de uma unidade do Detran em nossa cidade e também sinalizá-la. As famílias também precisam rever seus conceitos sobre como lidar com os filhos. tenho conhecimento de pais que estão presenteando os filhos com motos ou cedendo as suas para o uso dos jovens. cuidado senhores pais, pois esse ato que parecer ser "carinhoso" poderá cabar em tristeza e sofrimento

    ResponderExcluir
  2. olá eu me chamo neyliano moro em macpá!!!!!!!!!!!esse fato, que aconteceu em muaná. já repercução aqui em macapá.daniel!
    isso é lamentável, por parte das autoridades de não tomarem nem hum tipo de atitude em relação a esses acidentes.
    eu estou em macapá,conheço muaná. fui passar as minhas férias ai e vi que não tem fiscalização alguma.. por parte das autoridades vi um motociclistas ultrapassar uma ( viatura da policia militar. cara com três pessoas em uma moto os policiais olharam e não abordarão e foram embora )............
    se fosse aqui em macpá as três pessoas tinham sido presas, e o veiculo seria recolhido ao pátil do detran-ap....
    aqui se vc colocar: uma discar fortuna,andar sem retrovisor, sem capacete ou andar de sandália, vc séra multado e sua documentação apreendido.ou o veiculo remolvido ao detran-ap....as leis em macapá são bem rigorosas"""por parte da BPTRAN-AP eles fazem as fiscalizaçõe no transito dia e nite! se vc for pego dirigindo sob, o efeito do álcool vc é preso o veiculo preso. sua documentação presa. vc fica sem dirigir por dois anos,a fiança é 3.000 reias.esse é só o valor pra vc sair da delegacia, fora as multas que vc tem que pagar, o guincho, as diárias do veiculo preso... se vc não tiver esse valor vc vai para o ( IAPEM), ficará preso durante sete meses...........
    daniel,isso é revoltante,poxa isso vai até quando. vão esperar que aconteça mais mortes em muaná nesse transito violento.................

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Neyliano, devido aos grandes números de acidentes com vitimas fatais em Macapá, o poder publico sentiu-se obrigado a tomar essas atitudes para que os usuários de transito se sensibiliza-se, ou através da polícia, ou através, da punição no "bolso do usuário" e quando dói no bolso, o motorista pensa duas vezes antes de cometer as infrações, e isso vem dando certo, segundo seus relatos, em Muaná essa é uma das medidas imediatas, a outra sem duvida é a municipalização do transito.

      Agradeço sua precoupação por nossa cidade, e se Deus quizer esse cenário mudará

      Excluir
  3. Muaná já precisa de um posto do Detran e sinalização em suas ruas, pois com o grande surto de motos em nosso municipio, o trânsito fciou caótico e perigoso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Sebastião, na verdade seria O Departamento Municipal de Transito, criado pela prefeitura junto ao Detran, e com o termo de cooperação tecnica entre os dois orgãos as medidas seriam tomadas para reduzir esses indices, com educação no transito e fiscalização no transito.

      Excluir